Alterações nos critérios do Minha Casa Minha Vida para 2020

Alterações nos critérios do Minha Casa Minha Vida para 2020: Aposentadoria Especial Blog Explica: Alterações nos critérios do Minha Casa Minha Vida para 2020. O governo federal anuncia neste mês a reformulação do programa habitacional “Minha

Alterações nos critérios do Minha Casa Minha Vida para 2020

Alterações nos critérios do Minha Casa Minha Vida para 2020. O governo federal anuncia neste mês a reformulação do programa habitacional “Minha casa, minha vida”, que passa a ter como prioridade municípios com até 50 mil habitantes. Uma das principais novidades é que os beneficiários terão mais liberdade para definir como será o imóvel,pois haverá três tipos de vouchers: para comprar, para construir ou para reformar. As informações são da Agência Brasil.

Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal

No atual formato, o beneficiário recebe a casa pronta da construtora. Com o novo programa, que ainda não teve o nome definido, o beneficiário receberá um voucher (documento fornecido para comprovar um pagamento ou comprovante que dá direito a um produto) para definir como a obra será tocada, o que inclui a escolha do engenheiro e a própria arquitetura do imóvel.
Recebeu um Imóvel de herança? Veja o que fazer

Segundo o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, a disponibilização do voucher permitira àquele que vai receber a unidade habitacional participar da construção, escolher onde a casa será feita e até mesmo o projeto da casa.

“Muitas vezes a família precisa ou quer uma casa mais simples e maior. Outra, com cômodos menores e mais qualidade de acabamento. A gente quer deixar isso a critério do beneficiário”, afirmou.
Valor médio

“Muitas vezes a família precisa ou quer uma casa mais simples e maior. Outra, com cômodos menores e mais qualidade de acabamento. A gente quer deixar isso a critério do beneficiário”, afirmou.
Valor médio

O ministro disse que o valor do voucher dependerá dos preços correntes no mercado imobiliário no local onde o imóvel será construído. O programa trabalha com valor médio de R$ 60 mil por beneficiário, em três tipos de voucher: o de aquisição, para comprar o imóvel já pronto; o de construção, para começar a casa do zero; e o de reforma, para melhorar ou ampliar a casa já existente.

MCMV: Despesas bancárias serão pagas pelos Beneficiários

A princípio, o governo pretende oferecer vouchers a famílias com renda mensal de até R$ 1.200. Já as famílias com renda entre R$ 1.200 e R$ 5 mil mensais entrarão no programa de financiamento do programa.
Juros podem ser menores

Segundo Canuto, a ideia é oferecer também juros abaixo dos cobrados atualmente.

“Hoje a faixa é de 5% (ao ano). A gente quer baixar isso para 4,5% ou 4% para ficar mais competitivo. Essa é a premissa base”, ressaltou.

“Hoje a faixa é de 5% (ao ano). A gente quer baixar isso para 4,5% ou 4% para ficar mais competitivo. Essa é a premissa base”, ressaltou.

A expectativa do governo é que o novo programa resulte na construção de 400 mil unidades já em 2020. De acordo com a pasta, em 2019, foram entregues 245 mil residências pelo modelo atual, e 233 mil estão em construção.

Quem tem direito a participar do Programa Minha Casa Minha Vida?

Quem tem direito a participar do Programa Minha Casa Minha Vida? Quem pode participar do Minha Casa Minha Vida. A condição principal é a renda mensal da família, que deve ser de até R$ 7 mil.

Como participar do Minha Minha Vida 2019?

Para garantir Minha Casa Minha Vida 2019 é preciso estar com seguintes documentos:

  • Documento de identidade (RG);
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Carteira de Trabalho (CTPS)
  • Certidão de Nascimento;
  • Comprovante de estado civil;
  • Extrato atualizado do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS);
  • Comprovante de renda;
Qual o limite Minha Casa Minha Vida?

Qual o limite Minha Casa Minha Vida? Governo propõe limite de R$ 7 mil como renda para ter acesso ao Minha Casa Minha Vida.

Para que serve o Minha Casa Minha Vida?

Para que serve o Minha Casa Minha Vida? O Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) é um programa de habitação federal do Brasil lançado em março de 2009 pelo Governo Lula. O PMCMV subsidia a aquisição da casa ou apartamento próprio para famílias com renda até 1,8 mil reais e facilita as condições de acesso ao imóvel para famílias com renda até de 9 mil.

Quem pode entrar como dependente no financiamento caixa?

Quem pode entrar como dependente no financiamento caixa? No financiamento imobiliário, a Caixa Econômica Federal costuma permitir composição de renda com qualquer pessoa: familiares, amigos, cônjuges, sem limitação de participantes, desde que não haja restrições cadastrais com os candidatos ao financiamento.

Compartilhe
- Advertisement -spot_img

Leia Mais

Recente

Compartilhe