Destacado

INSS: saques dos atrasados serão liberados a partir do 5º dia útil

Compartilhe

INSS: saques dos atrasados serão liberados a partir do 5º dia útil: Aposentadoria Especial Blog Explica: A partir do quinto dia útil de novembro, aposentados e pensionistas que saíram vitoriosos nas ações previdenciárias contra o INSS, autuadas em

INSS: saques dos atrasados serão liberados a partir do 5º dia útil

RIO DE JANEIRO, RJ 25.09.2020: INSS-SERVIÇOS – Em atendimento a Recurso da Advocacia-Geral da União (AGU), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) determinou que médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que não compõem grupos de risco para a covid-19 devem retornar aos locais de atendimento para desenvolver trabalho presencial. Movimentação na área externa da agência do INSS situada em Copacabana, zona sul da cidade, nesta sexta-feira (25). Esta agência de Copacabana está apta para retomar com atendimento presencial. (Foto: Andre Melo Andrade/Immagini/Folhapress)

A partir do quinto dia útil de novembro, aposentados e pensionistas que saíram vitoriosos nas ações previdenciárias contra o INSS, autuadas em setembro, poderão sacar o benefício. Segundo o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), responsável pelos estados do Rio e Espírito Santo, as requisições apresentadas ao tribunal no mês passado serão depositadas ainda em outubro, em razão do repasse referido pelo Conselho da Justiça Federal, na última semana.

 Ainda segundo o TRF2, cerca de 5 mil processos do Rio de Janeiro serão pagos neste novo lote. Confira como fazer a consulta para verificar se foi contemplado com o pagamento das requisições de pequeno valor (RPVs), que são ordens de pagamento limitadas a 60 salários mínimos (R$ 62.700).
Para checar se estão neste novo lote liberado pelo CFJ, aposentados e pensionistas devem acessar a página do TRF-2 e ver se foram contemplados. É possível confirmar quanto terão de atrasados e quando vão receber em www.trf2.jus.br. No site, vá ao menu à esquerda da tela, procure o campo Precatórios/RPV e clique em “Consultas”, depois em “Pesquisa ao Público”.
Para facilitar a pesquisa na página do tribunal, os segurados do INSS devem ter o número do requerimento do processo ou do CPF do ganhador do processo ou o número da ação. Ao digitar o código que vai aparecer na tela, basta clicar em “Confirmar” para concluir a operação de consulta. Fonte O Dia


Compartilhe

Você também pode se interessar por

Carregando...