Destacado

PIS e FGTS: Certidão online para saques

Compartilhe

PIS e FGTS: Certidão online para saques: Aposentadoria Especial Blog Explica: PIS e FGTS: Certidão online para saques. Agora, os pedidos de Certidão para saque de PIS, PASEP e FGTS devem ser feitos exclusivamente pelo telefone 135!

PIS e FGTS: Certidão online para saques

PIS e FGTS: Certidão online para saques. Agora, os pedidos de Certidão para saque de PIS, PASEP e FGTS devem ser feitos exclusivamente pelo telefone 135!
Da mesma forma, os cidadãos também não devem se dirigir às agências para atualizar dados do Imposto de Renda Direto na Fonte (DIRF) e pedir cópia de processo, ambos no caso de titular falecido. Todos esses serviços estão disponíveis apenas pela Central de Atendimento 135.
A ligação para o número 135 do telefone fixo é de graça e o horário de atendimento é de segunda a sábado, de 7h às 22h. Já o atendimento eletrônico é 24 horas.
Celular terá prova de vida do INSS
Celular terá prova de vida do INSS. Em seu primeiro ano de gestão à frente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Renato Vieira comemora a redução do tempo de espera pelos benefícios, e a digitalização dos requerimentos de aposentadorias, pensões e auxílios. Para 2020, o presidente pretende implantar de forma definitiva a prova de vida por biometria, que é feita através da impressão digital do beneficiário, no aplicativo Meu INSS. A ideia, segundo Vieira, é que essa ferramenta já esteja disponível no primeiro semestre, o que possibilitará aos 35 milhões de beneficiários realizar a prova de vida sem sair de casa, pelo celular.
Outra novidade que o INSS vem estudando é a concessão, por vias administrativas, de entendimentos consolidados na Justiça a favor dos segurados. Ou seja, quando houver jurisprudência acerca de uma regra que, a princípio, não está de acordo com as normas do instituto, o cidadão não precisará mais entrar na Justiça para ter direito a essa aplicação. Em entrevista ao EXTRA, Vieira antecipou ainda que o calendário de pagamentos de 2020 será disponibilizado nesta segunda-feira (dia 16), no site do INSS.
Qual a sua avaliação desse primeiro ano da sua gestão à frente do INSS?
O primeiro grave diagnóstico que tivemos desde janeiro de 2019 foi a demora na análise dos processos. O INSS desde anos anteriores, sobretudo 2018, estava com capacidade de resposta ao cidadão muito menor do que o número de novos requerimentos. Isso estava gerando um estoque mensal de processos. Para atender a essa demanda criamos a estratégia nacional de atendimento tempestivo. O principal ponto era aumentar a velocidade de resposta a essas demandas. Em janeiro, o INSS decidiu 155 mil requerimentos. Em outubro, foram 975 mil decisões. Estamos conseguindo manter uma média de concessões muito superior ao início do ano. E isso tendo mais de 6 mil aposentadorias ao longo do ano.
Foram 6 mil aposentadorias de servidores do INSS?
Só no ano de 2019. Se considerarmos desde 2015, são 11 …


Compartilhe

Você também pode se interessar por

Carregando...