Destacado

Durante o Coronavírus é preciso cortar a barba?

Compartilhe

Durante o Coronavírus é preciso cortar a barba?: Aposentadoria Especial Blog Explica: Durante o Coronavírus é preciso cortar a barba? Com a disseminação do novo coronavírus, a barba virou vilã. Isso porque muitos homens – incluindo

Durante o Coronavírus é preciso cortar a barba?

Durante o Coronavírus é preciso cortar a barba? Com a disseminação do novo coronavírus, a barba virou vilã. Isso porque muitos homens – incluindo personalidades da cultura e do esporte – resolveram apará-la ou mesmo removê-la por completo pelo temor de que gotículas contaminadas poderiam se alojar nos pelos e se transformar em focos de contágio. No entanto, especialistas afirmam que não há necessidade de tirar a barba – desde que ela passe por uma higienização adequada.
“Os vírus podem estar em qualquer tipo de superfície, mas não há nenhum trabalho científico que mostre que ter barba propicia maior acúmulo”, afirma o dermatologista Egon Daxbacher, diretor da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).
Para o médico, é preciso ter bom senso: se uma pessoa com barba espirrar, o ideal é fazer a limpeza imediatamente. “O importante no momento é o que temos cientificamente: a lavagem de mãos, evitar tocar o rosto sem ter higienizado as mãos e lavar o rosto”, recomenda.
Veja como bandidos fraudam o cartão de crédito(Abre numa nova aba do navegador)
O estudante de Direito Thiago Santos, de 30 anos, não quis pagar para ver. Com hábito de colocar a mão no bigode frequentemente, preferiu tirar os pelos da face. “Estou em quarentena com meus pais em casa, eles têm mais de 60 anos, era uma forma de eu me prevenir. Gostava de usar a barba, mas como estou em casa o tempo todo, não foi tão ruim assim”, afirma. Ele fez um vídeo tirando a barba e postou em seu perfil no Instagram. A filmagem faz alusão à famosa cena da novela Laços de Família (2000), em que a personagem Camila (Carolina Dieckmann) tem o cabelo raspado ao som da música Love By Grace.
Amigo de Santos, o gestor de operações de e-commerce Lucas Silveira, de 31 anos, também raspou a barba depois de ver um médico dizer em um programa de televisão que a barba poderia conter impurezas e propagar o vírus. “Foi meio estranho, não passava navalha no rosto há uns cinco ou seis anos, mas preciso ajudar ao máximo nesse período do coronavírus. Vi que eu ia precisar ficar limpando a barba sempre e preferi tirar”, diz.
Em análise no Senado proposta para por fim a aulas para tirar CNH(Abre numa nova aba do navegador)
Médicos afirmam que não há comprovação científica de que pelos do corpo representam um perigo em tempos de coronavírus. O infectologista Celso Granato, da Unifesp, conta que a recomendação do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) americano é de que profissionais da saúde que lidam …


Compartilhe

Você também pode se interessar por

Carregando...