Destacado

INSS registra alta de 25% em consignados nos últimos 6 meses

Compartilhe

INSS registra alta de 25% em consignados nos últimos 6 meses: Aposentadoria Especial Blog Explica: INSS registra alta de 25% em consignados nos últimos 6 meses. O volume de novas concessões de empréstimos consignados a beneficiários do INSS (Instituto

INSS registra alta de 25% em consignados nos últimos 6 meses

INSS registra alta de 25% em consignados nos últimos 6 meses. O volume de novas concessões de empréstimos consignados a beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) teve aumento de 25% entre o primeiro semestre de 2019 e o mesmo período de 2020. Os dados são do Banco Central.
De acordo com o boletim mensal de Estatísticas Monetárias e de Crédito da instituição, o montante de novas operações contratadas por aposentados e pensionistas do órgão passou de R$ 37 bilhões, em 2019, para R$ 46,1 bilhões, neste ano.Levando em consideração o saldo total devedor dos contratos de crédito para esses beneficiários (o que envolve não apenas as novas contratações, mas também as parcelas de empréstimos em andamento), o aumento foi de 8,8%. O saldo de dívidas do consignado do INSS passou de R$ 786 bilhões, no primeiro semestre de 2019, para R$ 855 bilhões no mesmo período de 2020.
Rstrições no INSS na primeira parcela do 13º salário(Abre numa nova aba do navegador)
Segundo o INSS, hoje são 34,4 milhões de contratos ativos, sendo que um mesmo beneficiário pode ter mais de um contrato. Conforme regulamento em vigor, o segurado pode ter até nove contratos, desde que a soma das dívidas não ultrapasse a margem de 30% de sua renda.
“Cerca de 60% dos aposentados e pensionistas são responsáveis pela renda de, pelo menos, mais alguma pessoa da família”, diz João Inocentini, presidente do Sindnapi (Sindicato dos Aposentados, Pensionistas e Idosos). “Com a pandemia, esses familiares que, muitas vezes, viviam de trabalhos informais, se viram dependentes exclusivamente da renda do aposentado, que, por sua vez, acaba se endividando ainda mais para conseguir pagar todas as contas da casa.”
Proposta de 14°Aposentados e pensionistas do INSS: Confira(Abre numa nova aba do navegador)
Durante a pandemia da Covid-19, os segurados do INSS foram contemplados com medidas importantes do governo, como a antecipação das duas parcelas do 13º benefício já no primeiro semestre.
Os representantes dos segurados, no entanto, queixam-se de que a categoria não foi tão beneficiada quanto outros setores. Recursos como o auxílio emergencial de R$ 600, por exemplo, não chegaram até o bolso dessa parcela da população.Além de pedir o pagamento do 14º salário, apenas em 2020, aposentados e pensionistas cobram mudanças nas regras do empréstimo consignado. O crédito tem taxas, em geral, mais baixas do que a média do mercado e as mensalidades são descontadas diretamente do benefício.
Alterada regras no INSS para empréstimos consignados(Abre numa nova aba do navegador)
Desde o início do estado de calamidade causado pelo novo coronavírus, a discussão sobre o consignado passou por um vaivém …


Compartilhe

Você também pode se interessar por

Carregando...