Quem teve negativa ou dados inconclusivos no auxílio emergencial pode fazer recadastramento

Quem teve negativa ou dados inconclusivos no auxílio emergencial pode fazer recadastramento: Aposentadoria Especial Blog Explica: Quem teve negativa ou dados inconclusivos no auxílio emergencial pode fazer recadastramento. O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães

Quem teve negativa ou dados inconclusivos no auxílio emergencial pode fazer recadastramento

Quem teve negativa ou dados inconclusivos no auxílio emergencial pode fazer recadastramento. O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães falou, durante uma live transmitida pela internet nesta sexta-feira (dia 1º), que mais de 10 milhões de pessoas fizeram o recadastramento para receber o auxílio emergencial. Só neste fedriado do Dia do Trabalho, foram um milhão de solicitações.
Para quem teve o auxílio emergencial negado, há duas formas de fazer uma nova solicitação: contestar a negativa, pedindo uma reanálise, ou fazer um novo pedido do zero, o recadastramento, que podem ser feitos pelo site (auxilio.caixa.gov.br) ou pelo aplicativo “Auxílio Emergencial”.
Auxílio emergencial aprovado e erros no CPF(Abre numa nova aba do navegador)
Se o aviso for de “dados inconclusivos”, o solicitante também pode fazer a correção das informações pelo site ou pelo aplicativo.
Alguns erros que podem ser:
– marcação como chefe de família sem indicação de nenhum membro;
– falta da informação do sexo do solicitante;
– dados incorretos de membros da família, como CPF e data de nascimento;
– informações diferentes em cadastros entre membros da mesma família;
Coronavírus: Problemas ao sacar o auxílio emergencial de R$ 600(Abre numa nova aba do navegador)
Caso o solicitante queria fazer um novo cadastro, relembre aqui o passo a passo:
Passo 1:
Baixe o aplicativo da Caixa para Auxílio Emergencial. Estes são os links para baixar os aplicativos
Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio
iPhone: https://apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331
INSS: 8.230 servidores temporários serão contratados(Abre numa nova aba do navegador)
Passo 2:
A tela inicial do aplicativo mostra a apresenta do programa com as seguintes ferramentas: Conheça o programa; Realize sua soliticitação ou Acompanhe sua solitictação. Para iniciar o cadastro, o usuário deve clicar em “Conheça o programa”.

Passo 3:
Antes de iniciar o cadastro, o aplicativo apresenta as condições e os requisitos dos trabalhadores que estarão aptos a receber o auxílio. O usuário deve ler os requisitos, declarar que preenche todos eles e autorizar o uso de seus dados.

Passo 4:
Comece a fazer o cadastro informando nome completo, CPF, data de nascimento e nome da mãe.

Passo 5:
O usuário deverá informar os dados sobre sua renda e ocupação.

Passo 6:
Preencha as informações sobre o titular da solicitação e o número de membros na família. O sistema também pergunta se o usuário é mulher e chefe de família, pois neste caso o auxílio é maior.

Passo 7:
O solicitante deve validar as informações de seu …

Compartilhe
- Advertisement -spot_img

Leia Mais

Recente

Compartilhe